Dr. Alessandro Spíndola

CRM 92759

Especialista em Cirurgia Plástica
pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.


Pretendo realizar uma consulta
na Spíndola Cirurgia Plástica:


Nome: Telefone: Email: Escolha a cirurgia:                                                            



Cirurgias Plásticas


Mastopexia (plástica para levantar os seios)

Mastopexia (Plástica para levantar os seios)Sempre que surge alguma insatisfação com os seios, toda mulher pensa logo em colocar próteses. Sim, elas modelam as mamas, mas não corrigem a flacidez. O silicone confere volume e por conseqüência maior projeção, mas não firmeza. Em muitos casos é necessário recorrer aos dois métodos para obter um resultado satisfatório.

Indicação: mulheres que já amamentaram e ficaram com suas mamas caídas, passaram por um processo de emagrecimento ou cujas mamas ficaram flácidas com a idade. E também para quem necessita corrigir a assimetria das mamas.

Procedimento: A técnica mais utilizada é o formato de “T” invertido, onde o cirurgião retira o excesso de pele e reposiciona a aréola.

Cicatriz: Em formato de T invertido, L ou I.

Tipo de anestesia: Local com sedação ou peridural.

Duração: De 2 a 3 horas.

Tempo de internação: Geralmente 24 horas.

Palavra do médico: Muitas mulheres se assustam com a cicatriz, mas é importante observar que em situações com muita flacidez o resultado fica comprometido se houver somente inclusão de próteses, deixando uma ptose (aparência caída). Neste momento observaremos a questão genética e o tipo de pele para garantir um resultado eficaz e satisfatório.

Pré-operatório: É preciso realizar todos os exames solicitados pelo cirurgião e informá-lo sobre todos os remédios que faz uso, desde anticoncepcionais até antidepressivos. Na cirurgia, você será anestesiada (o) e alguns medicamentos podem alterar a coagulação levando a um sangramento excessivo. Se estiver tomando medicamentos à base de ácido acetilsalicílico, antigripais, inibidores de apetite, ginseng ou gincobiloba, interrompa o uso 14 dias antes da cirurgia.

Pós-operatório: É recomendado o uso de sutiã específico, peça indispensável nos dois primeiros meses para oferecer sustentação e acomodação dos tecidos. Nesta fase, não faça movimentos bruscos ou esforços com os braços. Evite o sol, pois ele age tanto nas equimoses (manchas roxas) quanto nas cicatrizes recentes, podendo pigmentar a pele e deixar uma marca permanente. Após o 3º dia, não existe qualquer inconveniente em expor-se ao sol ao sair de casa, desde que aplicando o protetor solar FPS 30. Entretanto, para exposições longas (praias, banhos de sol), aconselha-se aguardar um período mínimo de 90 dias.

Volta às atividades: Após uma semana a 10 dias, mas evite movimentar os braços acima dos ombros, até liberação médica. A prática de atividade física só deve ser retomada após 30 dias, com exercícios leves somente nos membros inferiores e caminhadas. Para exercícios de "alto impacto", o ideal será esperar 60 dias.















Alameda Santos, 455 . 8º andar . Salas 806, 807 e 808 . Cep 01314-000 . São Paulo - SP
Horário de Atendimento: de Segunda a Sexta, das 10h00 às 21h00.
Telefones de contato: (11) 3253-7997 / (11) 3253-6813
E-mail: contato@spindolacirurgiaplastica.com.br

ACOMPANHE A CLÍNICA
Spíndola Cirurgia Plástica: