Técnicas de cirurgia plástica para aumento labial

Técnicas de cirurgia plástica para aumento labial

Até hoje, um dos ícones de beleza que influencia nossa sociedade é Brigitte Bardot, que foi atriz e é ativista dos direitos dos animais, na França. Uma das suas principais marcas? Os lábios carnudos, de traço forte, desejados por mulheres e homens como uma símbolo de sensualidade, desde a década de 60.

A cirurgia plástica de aumento dos lábios é uma das mais procuradas hoje em dia, e pode corrigir alterações estéticas adquiridas ou congênitas; além de promover uma correção do volume.

O objetivo pode ser: buscar equilíbrio nas proporções do lábio superior e o nariz, melhorar o aspecto enrugado dado pelo tempo ou corrigir a perda de volume.

É o cirurgião plástico é quem deve orientar a decisão junto com a/o paciente. Além do exame físico, ele pode ajudar a determinar o equilíbrio estético, considerando a projeção dos lábios superior e inferior, o formato natural da boca, a harmonia entre todos os elementos da face.

A cirurgia plástica nos lábios pode corrigir condições vindas desde o nascimento ou que foram adquiridas como a ‘boca pequena’ – microstomia ou a ‘boca grande’ – macrostomia, além do lábio leporino – fissuras, cicatrizes, sequelas de cirurgia de retirada de tumores ou queimaduras, etc.

 

Para realizar o procedimento de aumento labial, o especialista conta com algumas técnicas, que se dividem em:

  • plastias: cirurgias de projeção da mucosa e músculo orbicular labial
  • enxertos: gordura ou tecido facial
  • implantes injetáveis e cirúrgicos: em que há uma variedade de materiais, utilizados conforme avaliação  

 

A variedade de procedimentos, tecnologia e os materiais existentes permitem que algumas dessas intervenções sejam realizadas em consultório. Essa diversidade também permitiu que a cirurgia de aumento labial tenha variáveis como a possibilidade de rejeição muito controladas, assim como efeitos permanentes ou que duram períodos determinados de tempo.    

Para obter melhores resultados, o médico pode ainda associar a cirurgia plástica de aumento labial a outras técnicas. O lifting de lábio, que encurta a distância entre as fossas nasais e o vermelhão do lábio superior é um exemplo. Na busca de um melhor resultado, o próprio cirurgião pode fazer o tratamento de rugas finas com laser, dermoabrasão ou peeling químico e etc.

Cada caso deve ser estudado minuciosamente, no ambiente do consultório, junto com a/o paciente. Quando há incômodo com o tamanho dos lábios, vale a pena consultar um médico e checar se algum procedimento pode servir para você.    

Deixe um comentário